Topo com as obras de arte de Francisco Panachão
           Área do Cliente:   Email Senha Ver Cesta de compras Minhas compras : R$ 0,00  
 
  Poesias >> De Todas as Maneiras

De todas as maneiras


Te amo ...
Com todas as maneiras de dizê-lo...
E sei que mesmo assim,
É preciso manter um zê-lo...,
Prá não parecer, um decorar sem fim...

Te amo...
Sem tôlas fronteiras de apêlos...
E sei que mesmo assim,
É preciso ser sincero ao sê-lo....,
Prá não parecer frágil, o que é forte em mim...

Te amo...
De todas as maneiras...
Tanto que nem sei...
E mesmo que soubesse,...ainda assim...,
Não saberia o que sei,
Se você não souber de mim...


Francisco Panachão
17/11/00