Topo com as obras de arte de Francisco Panachão
           Área do Cliente:   Email Senha Ver Cesta de compras Minhas compras : R$ 0,00  
 
  Poesias >> Teus Traços

Teus traços

Meu amor ,
Nos meus braços...,
Você adormece quando cansa...
Mas teus traços de criança,
Que de primeiro logo vi,
Ainda estão em ti,
Tanto quanto posso ver...,
Tão iguais...

Porque tudo ,é só querer...
Não importa o tempo,
Não há distancia...,
Não existe espaço....,
E tudo que faço...,
É tão pouco...,
E até demais...

Meu amor,
Nos meus braços..,
Você adormece feito criança...,
Feito ollhar que não se cansa..,
Que se desenha tão igual...,
Como sempre...,
Te conheci ...

Porque tudo ,é só querer...
O tempo tudo altera...
E quando menos se espera.,
Uma longa era..,
Passou.., sem perceber...

E mesmo não sendo os mesmos...,
Como atores em novos palcos...,
Quantas desfeitas ...,
Insistimos em nos fazer...
Que longa perda de tempo,
Que repetição de frases feitas
Quando há tanto prá nos dizer...

Porque tudo ,é só querer...
O tempo tudo altera...
E quando menos se espera.,
Uma longa era..,
Passou.., sem perceber...

Francisco Panachão 12/06/00