Topo com as obras de arte de Francisco Panachão
           Área do Cliente:   Email Senha Ver Cesta de compras Minhas compras : R$ 0,00  
 
  Poesias >> Este Sou Eu

ESTE SOU EU
Este sou eu...
Um eu perplexo...,
Que flutua entre
A vida real e a fantasia...,
Que sente que a anestesia foi demais,
E não há mais o que fazer...
Por favor me toque ,
Me acorde ....,porque ...,
Eu não sei mais onde estou...,
Onde vou...
O que flutua abaixo de mim...,
Será o chão...,ou será o céu...?
Este sou eu...,
Que não tem mais
O que chorar...,o que pensar,
Porque se éramos juntos...,
O que somos agora...?
Um conjunto de nada,
Vazio..., sem intersecções, nem quantidades
Este sou eu....,que já não respira....,
Só transpira as dores...,
Nas piores cores dos meus sonhos...
Este sou eu...,
Que tanto amou e ama..,
Mas que ironia insana,
A deste destino....,
Quem sabe um dia
Eu vá rir primeiro,
De forma fácil, com alegria...,
E não mais chorar rasteiro,
Quando alguém,
(Ainda não se sabe quem)
Contar prá vida....,
Que isso não é piada,
Conversa fiada ,de botequim...
Quem sabe um dia ....,
Alguém sinta finalmente,
Que eu só quero ser eu...,
E ter assim contente...,
Também alguém,
Prá rir junto, chorar...,ou morrer...
Alguém...,que consiga ver...,
Que este sou eu....,tão além...,
Que só serei eu....,
Se voce for também....


Francisco Panachão
21 . 03 . 98