Topo com as obras de arte de Francisco Panachão
           Área do Cliente:   Email Senha Ver Cesta de compras Minhas compras : R$ 0,00  
 
  Poesias >> Coração de Navio

Coraçaõ de Navio

Do tombadilho de negro navio,
Os olhos perdidos de tantos horizontes...,
Carregam as lembranças,as tristezas , as amarras...

No colo negro de jovem mãe,o filho frio...
Esperança tênue, diferente de tantas frontes...
Num branco olhar ,fita os ferros...,sente as garras...

Da mãe, o peito fraco não suga...,nem larga...,
O medo, não faz segredo ...,não tem idade...
Na verdade , o céu azul, a onda farta...,
São espumas na memória, no olhar..,na saudade..

É um navio, que faz um rastro no mar,
Num silencio de consciência invulgar...
Onde estão o amor e a compaixão...?
Onde estão a coragem e a alegria...?

Talvez nos sonhos dessa gente fria...,
Talvez nos corações desse escuro porão...


Francisco Panachão 11/05/1991