Topo com as obras de arte de Francisco Panachão
           Área do Cliente:   Email Senha Ver Cesta de compras Minhas compras : R$ 0,00  
 
  Poesias >> E ainda, uma vez mais...

E ainda, uma vez mais...

Olhar-te no olhos e ver-te por dentro,
Quão imensa tu és...,
Dá-me a sensação de ser pequeno ...

E ainda, uma vez mais...

Se me pedires prá rever-te,
Só terei uma lembrança, feito chama...,
Feito névoa que se dissolve no ar...
Porque não te decorei ainda...

Não pude abraçar-te por inteiro,
Nem tocar-te ainda ,o mais fundo,
Que meu coração alcança...

Olhar-te e ver-te, é não saber se navego
Em mares cheios de emoções ,
Ou simplesmente adormeço sobre tuas mãos...

---------------------------------------------------------------------

Não me peças para recitar-te novamente,
Se nem ainda pude decorar-te em meus olhos...

Antes sinta , o toque suave de meus dedos,
Que te acariciam a pele clara e nua...

E ainda...,uma vez mais...

Se me pedires pra rever-te, em busca de teus segredos
Não saberei descobrir-te, sem antes perder-me em teu corpo...

Só terei o impulso de meus lábios carentes...,
Como lágrimas pendentes destes olhos,
Que não se cansam de admirar-te por onde ir...,

Como poema que ainda não decorei...
Leio-te para alcançar-te e nunca esquecer-te,
E como prece, recito-te sempre ao dormir...


Fran 30/01/07