Topo com as obras de arte de Francisco Panachão
           Área do Cliente:   Email Senha Ver Cesta de compras Minhas compras : R$ 0,00  
 
  Poesias >> Fenda No Tempo

Fenda no Tempo

Por onde esteve..?
O que fizeste...?
Por onde andava...?
Como viveste...?

Não te conheço ainda,
Porque não pude esquecer...

Esse Portal que se abriu,
Nos uniu de forma cósmica...
São taças delicadas que brindam
Com gotas de lágrimas, num espaço de luz...

São lábios que se unem,
Num encontro do tempo,
Sem pressa de passar,
Sem pensar , nem contestar...

Toda uma vida
Se derrama num só gole...
Quero te transbordar...

Você me achou...
Estive perdido nas folhas de um livro
E voce me leu...., abriu a porta...

Sou teu agora e és minha ...
Tudo faz sentido ,
Tudo me ensina e conforta...

Sou uma fenda no tempo...
Sou você, um sonho real...
Que vivo agora, sem precisar despertar...

Não quero acordar nunca mais....
Como você está linda...
Mais ainda...nesta história...
Nesta mente..., meu amor..., prá sempre...
Fran 04/04/2006