Topo com as obras de arte de Francisco Panach„o
            
 
  Poesias >> Fenda No Tempo

Fenda no Tempo

Por onde esteve..?
O que fizeste...?
Por onde andava...?
Como viveste...?

Não te conheço ainda,
Porque n√£o pude esquecer...

Esse Portal que se abriu,
Nos uniu de forma cósmica...
São taças delicadas que brindam
Com gotas de lágrimas, num espaço de luz...

S√£o l√°bios que se unem,
Num encontro do tempo,
Sem pressa de passar,
Sem pensar , nem contestar...

Toda uma vida
Se derrama num só gole...
Quero te transbordar...

Você me achou...
Estive perdido nas folhas de um livro
E voce me leu...., abriu a porta...

Sou teu agora e és minha ...
Tudo faz sentido ,
Tudo me ensina e conforta...

Sou uma fenda no tempo...
Sou você, um sonho real...
Que vivo agora, sem precisar despertar...

N√£o quero acordar nunca mais....
Como você está linda...
Mais ainda...nesta história...
Nesta mente..., meu amor..., pr√° sempre...
Fran 04/04/2006