Topo com as obras de arte de Francisco Panachão
           Área do Cliente:   Email Senha Ver Cesta de compras Minhas compras : R$ 0,00  
 
  Poesias >> Me Sabes Agora

Me Sabes Agora

Olhaste –me novamente
Descobriste-me devagar,
Tocaste-me gentilmente...

Percorreste todos os meus labirintos,
Desvendaste-me todos os mistérios
Aguçaste-me os instintos...

Soubeste–me ler nas entrelinhas
Adivinhaste-me os pensamentos
Roubaste-me da mente , as idéias minhas...

Foste ontem, o que me és agora...
No horizonte das minhas manhãs...,
Um beijo que arde , como um sol à tarde...

Teus desejos ‘inda pulsam inquietos
Em teus seios, doces incertos,
Que se avolumam em minhas mãos...

Por mais que me guarde,
Não consigo poupar-me deste amor...
Nem deter-te de meus olhos pelos vãos...

Suave é teu toque a me querer
E doce teu sabor de mulher

Ainda que não possas me sentir assim...
Saibas que te quero..., e que sou teu enfim...

Francisco Panachão

28/05/06