Topo com as obras de arte de Francisco Panachão
           Área do Cliente:   Email Senha Ver Cesta de compras Minhas compras : R$ 0,00  
 
  Poesias >> Um tempo, a tempo de se viver...

Um tempo, a tempo de se viver...

Olha ...o tempo passou...
O tempo mudou, as nossas caras, as nossas casas
O nosso olhar, o nosso mundo...
O tempo mudou as nossas vidas..., o nosso chão...

Ah..., olha só o que o tempo fez de nós...
Como passou tão de repente , na nossa frente
Em volta de nós....,por sobre nós e dentro de nós..
Como voou, pra longe e nos deixou tão perto..

Como se foi , como se não precisasse ir...!
Como passou se não fosse certo, sem nos deixar ...
Olha só que tempo passado , que tempo dobrado
Num tempo de amar...e só amar o tempo todo..

Como eu queria te dizer a tempo,
Que mesmo que o tempo passe
Sempre vou ter tempo, neste tempo de agora
Para um tempo te amar....sem ver o tempo passar

E te dizer que não há um só momento no tempo
Que eu não te ame mais, porque é pouco o tempo
Um tempo de amar tanto e sem tempo de pensar porque...

Apenas há um tempo, que é agora,
Um tempo que não se esgota, que não se acaba,
Mas que deixa o tempo passar, onde o tempo não muda
Nossas vidas, que têm todo o tempo no tempo de ser...


Ah...,! Como eu queria agora, ter mais tempo pra te falar
De um tempo dentro de mim que não se acaba
Que não se atrasa, e que sempre está lá.., a tempo de tudo sonhar...
Como se não houvesse mais tempo pra nada..

Onde veremos que sempre tivemos tempo de tudo
De amar e de correr atrás do tempo pra gente
A tempo de saber ,que só há tempo
Prá quem nunca deixou de amar...



FRAN 21/03/2010 (1 ANO)